Representações da violência no conto “Ana Davenga”, de Conceição Evaristo

Sebastião Marques Cardoso, Elen Karla Sousa da Silva

Resumo


A literatura produzida por Conceição Evaristo traz a condição do negro brasileiro, notadamente a da mulher negra brasileira. A escritora busca retratar a condição feminina negra na sociedade, de forma realista. A descrição feminina obedece ao real contexto de violência contra a mulher, exclusão social e racial, pois mostra que mesmo inserida em um grupo no qual é contestado pela cor da pele, a mulher negra tende a ser oprimida. As personagens de seus textos nos são expostas, carregadas de denúncias como isolamento, violência, submissão, vida na favela, exclusões sociais, entre outras. Nessa perspectiva, pretendemos analisar o conto “Ana Davenga” (2015), objetivando analisar como se configura a temática da violência. O texto em estudo é uma narrativa que, embora ficcional, é semelhante às vivencias de mulheres de nossa sociedade; embora seja um texto literário, simboliza histórias reais sobre as quais, na maioria das vezes, desconhecemos.


Palavras-chave


Literatura e Sociedade; Violência; Literatura Afro-Brasileira; Ana Davenga; Conceição Evaristo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18309/anp.v1i43.1038

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 Elen Karla Sousa da Silva

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.