A teoria Sentido-Texto e suas possibilidades de aplicação em dicionários de aprendizes do espanhol

Laura Campos de Borba

Resumo


Estudantes de línguas estrangeiras precisam de ferramentas linguísticas confiáveis que descrevam a língua em uso, por um lado, e que satisfaçam as suas necessidades, por outro lado. Dicionários de aprendizes são ferramentas compiladas para auxiliar esse perfil de usuário em tarefas de compreensão e de produção. As colocações formam parte do conjunto dos principais fenômenos atinentes à produção. Esse tipo de combinatória carece de uma melhor descrição em muitos dicionários de aprendizes, especialmente nos dicionários de aprendizes de espanhol (DAEs) devido ao seu tratamento insatisfatório. O objetivo deste artigo é explorar a possibilidade de aplicação da Teoria Sentido-Texto (TST) para descrever colocações em DAEs. Primeiramente, introduzimos os postulados gerais da TST. Em seguida, listamos e analisamos colocações incluídas em DAEs e dicionários monolíngues de espanhol, comparando-as com dados de corpus. Por fim, aplicamos a TST na descrição das colocações encontradas e propomos uma adaptação da notação da TST. Conclui-se que a TST oferece um método bastante útil para descrever colocações. A próxima etapa desta pesquisa é apresentar as informações linguísticas de maneira ainda mais amigável para o consulente dos DAEs.


Palavras-chave


Lexicografia pedagógica; Dicionários de aprendizes de espanhol; Teoria Sentido-Texto; Colocações; Adaptação das funções lexicais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18309/anp.v1i45.1118

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 Laura Campos de Borba

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.