A representação de mulheres negras na literatura afro-brasileira: Uma leitura de “A escrava”, de Maria Firmina dos Reis e “Minha mãe”, de Luis Gama

Autores

  • Tatiana Valentim Mina Bernardes Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina,
  • Zâmbia Osório dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina,
  • Eliane Santana Dias Debus Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, https://orcid.org/0000-0003-0555-2069

DOI:

https://doi.org/10.18309/anp.v47i1.1198

Palavras-chave:

Literatura afro-brasileira, Mulher, Maria Firmina dos Reis, Luís Gama

Resumo

Este artigo busca estudar a literatura afro-brasileira produzida no século XIX, em particular o conto “A escrava”, de Maria Firmina dos Reis, e o poema “Minha mãe”, de Luís Gama, verificando como ambos os textos, publicados em 1859, embora em gênero distintos, tematizam e representam a mulher negra. Ao adentrarmos nessa discussão, algumas considerações se fazem importantes no que diz respeito ao conceito de literatura afro-brasileira e, para isso, apoiamo-nos no referencial teórico de Eduardo Assis Duarte (2010, 2011). As representações de mulheres negras em “A escrava” e “Minha mãe”, Joana e a mãe do escritor Luís Gama, frutos de uma escrita afro-brasileira, são construídas pelas vivências desses escritores, que desafiam a lógica das representações que circulavam pela sociedade da época acerca da população negra, desafio esse que produz narrativas necessárias em nossa sociedade, onde construções sociais baseadas no racismo se mantém de forma estrutural, por isso também a importância dessa discussão nos espaços escolares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Tatiana Valentim Mina Bernardes, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina,

Professora da Rede Municipal de Florianópolis (SC), mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina.

Zâmbia Osório dos Santos, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina,

Professora da Rede Municipal de Florianópolis (SC), mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Santa Catarina.

Eliane Santana Dias Debus, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina,

possui graduação em Letras (FUCRI/1991), mestrado em Literatura Brasileira (UFSC, 1996), doutorado em Letras – Teoria da literatura (PUCRS, 2001) e pós-doutoramento em andamento na Universidade do Minho (PT). Atua no Departamento de Metodologia de Ensino e no Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. É líder do Grupo de pesquisa e Literatura Infantil e Juvenil e Práticas de Mediação Literária (Literalise). Tem experiência na área de Educação e Letras, com ênfase em literatura para infância, temática africana e afro-brasileira na literatura infantil e juvenil e formação de professores para a leitura literária. Dos livros publicados destacam-se Monteiro Lobato e o leitor esse conhecido (UFSC/Univali, 2004) Selo Altamente Recomendável da FNLIJ - indicação para o Jabuti (entre os 10), Catálogo de Bolonha da FNLIJ; Festaria de brincança: a leitura literária na Educação Infantil (Paulus, 2006) Selo Altamente Recomendável da FNLIJ e Catálogo de Bolonha da FNLIJ; A literatura infantil e juvenil de língua portuguesa: leituras do Brasil e d´além mar (Org./UNISUL, 2008); Literatura Infantil e juvenil: leituras, análises e reflexões (DEBUS; DOMINGUES; JULIANO (Orgs.),UNISUL, 2010), Catálogo de Bolonha da FNLIJ; Entre Fadas e bruxas (DEBUS; MICHELLI (Dialogarts,  2015); Literatura infantil e juvenil - do literário a outras manifestações estéticas (DEBUS;JULIANO; BORTOLOTTO(Orgs.), UNISUL, 2016) Selo Altamente e Recomendável da FNLIJ;, Catálogo de Bolonha da FNLIJ e Prêmio de melhor livro Teórico de 2016/2017 e A temática da Cultura africana e afro-brasileira na literatura para crianças e jovens (DEBUS, Cortez, 2017).

 

Downloads

Publicado

2018-12-31

Como Citar

Bernardes, T. V. M., dos Santos, Z. O., & Debus, E. S. D. (2018). A representação de mulheres negras na literatura afro-brasileira: Uma leitura de “A escrava”, de Maria Firmina dos Reis e “Minha mãe”, de Luis Gama. Revista Da Anpoll, 1(47), 117–129. https://doi.org/10.18309/anp.v47i1.1198

Edição

Seção

SEÇÃO LITERATURA