Preposições Introdutoras de Orações Infinitivas em Português Brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18309/anp.v51i1.1262

Palavras-chave:

(Flutuação de) Preposição, Oração Infinitiva, Caso, Complementação

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir a análise tradicional de marcador de Caso para as preposições gramaticais/funcionais no âmbito da Teoria Gerativa, bem como investigar as suas propriedades semânticas e sintáticas em contextos de oração infinitiva, em oposição aos contextos de complementação por sintagma determinante. Já se demonstrou em trabalhos anteriores (SALLES, 1992; MACHADO, 2013) que a preposição introdutora de oração infinitiva em contexto de complementação está mais sujeita a flutuações entre a preposição de e em e, por vezes, com do que a preposição que licencia o sintagma determinante. Dessa forma, este artigo toma como base essa diferença de comportamento gramatical para reforçar as análises de não marcação de Caso em relação às preposições diante de orações não finitas, estendendo a análise à preposição para, que carrega uma semântica específica nesses mesmos contextos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Daniel De Brito Machado, Universidade de Brasília, Brasília, Distrito Federal

Doutor em Linguística pela Universidade de Brasília (2019) e Mestre na mesma área pela mesma universidade (2013). Tem graduação em Letras- Português (2010) também pela Universidade de Brasília. Atua nos seguintes temas: sintaxe das preposições, complementação verbal e nominal, aspectos sintáticos do Português Brasileiro com abordagem na Teoria Gerativa, morfossintaxe de línguas românicas, em especial o francês e o italiano. 

Downloads

Publicado

2020-05-08

Como Citar

De Brito Machado, D. (2020). Preposições Introdutoras de Orações Infinitivas em Português Brasileiro. Revista Da Anpoll, 51(1), 96–105. https://doi.org/10.18309/anp.v51i1.1262

Edição

Seção

Estudos Linguísticos (2020)