ENTRE SER BRASILEIRO E ESTRANGEIRO: A CONSTITUIÇÃO DO ESPAÇO URBANO EM UMA COLÔNIA DE ITALIANOS

Luciana Cristina Ferreira Dias

Resumo


RESUMO: Considerando a problemática acerca da linguagem e da identidade nos estudos de perspectiva discursiva, este trabalhobusca refletir sobre as representações construídas discursivamente sobre a cidade, considerando uma colônia italiana, no Estado de São Paulo. Em termos de coleta de dados, investiguei, a partir de depoimentos pessoaisemateriais que circulamno site oficial da cidade, os sentidos sobre ser italiano ou ser brasileiro, tendo emmente a construção do discurso urbano, uma vez que a cidade é um espaço simbólico que organiza conhecimentos sobre as pessoas, instituições e imagens.

PALAVRAS-CHAVE: memória discursiva, cidade, discurso urbano.

ABSTRACT: Dealing with problems of language and identity in discourse studies, this research analyzes discourse-constructed representations on the city, taking into account an Italian colony in the state of São Paulo. In terms of data collection, I investigated personal testimonies andmaterials that circulate in the official site of city the meanings of being Italian or Brazilian, keeping in mind the construction of urban discourse, since a city is a symbolic space that organizes knowledge about people, institutions, and images.

KEYWORDS: discursive memory, city, urban discourse.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18309/anp.v1i26.132

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.