A tradução do texto teatral: performances de uma poética

Rodrigo Ielpo

Resumo


Para que a tradução do texto de teatro não perca de vista suas especificidades, é preciso levar em conta todos os elementos de ordem cênica que devem atravessá-la. Essa operação acaba por evocar a condição iterável particularmente sensível nos textos teatrais, os quais devem colocar literalmente em cena o traço citacional que os mobiliza desde o princípio, permitindo, assim, que continuem a funcionar em tempos e espaços completamente distintos daquele em que a peça foi redigida.  O objetivo desse artigo é pensar as formas como esse “gênero” de tradução, ao atualizar as potências performativas dos textos a partir da noção de teatralidade, acaba por ecoar uma dimensão ético-estética presente nos pressupostos de certa crítica descrita por Walter Benjamin em O conceito de Crítica de Arte no Romantismo Alemão.


Palavras-chave


Tradução; Teatro; Performatividade; Iterabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18309/anp.v1i44.1153

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 Rodrigo Ielpo

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.