LEITURA DA CRIAÇÃO: OS MANUSCRITOS LITERÁRIOS COMO UM SISTEMA COMPLEXO

Autores

  • Sergio Romanelli Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.18309/anp.v1i36.698

Palavras-chave:

Pensamento sistêmico, Manuscritos literários, processo criativo.

Resumo

Neste artigo apresento o paradigma emergente da ciência contemporânea e a noção de sistema, mostrando como tais princípios podem ser aplicados à analise de textos e manuscritos literários. Desejo indagar como os métodos da assim chamada ciência da complexidade podem ser aplicados aos estudos do processo de criação literária. Considero a escrita como um sistema complexo, que se caracteriza por três pressupostos: da complexidade, da instabilidade e da intersubjetividade. Desejo ainda demonstrar como o pensamento sistêmico aplicado ao estudo dos manuscritos literários, não somente permite localizar, estudar e processar as leis e recorrências que regem tais processos, mas, sobretudo, ajuda a destacar o papel dos criadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Sergio Romanelli, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrado e Doutorado em Linguística Aplicada pela UFBA (2003 e 2006).  Professor no Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras e na PGET (Pós-graduação em Estudos da Tradução) da Universidade Federal de Santa Catarina. Bolsista produtividade em pesquisa PQ 2 do CNPq

Downloads

Publicado

2014-05-28

Como Citar

Romanelli, S. (2014). LEITURA DA CRIAÇÃO: OS MANUSCRITOS LITERÁRIOS COMO UM SISTEMA COMPLEXO. Revista Da Anpoll, 1(36), 132–159. https://doi.org/10.18309/anp.v1i36.698