BANIDO DO BANQUETE DA VIDA”: A ARTICULAÇÃO ENTRE O LITERÁRIO E O NÃO-LITERÁRIO EM ‘A PAINFUL CASE’, DE JAMES JOYCE

Autores

  • Genilda Azerêdo Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.18309/anp.v1i36.748

Palavras-chave:

Conto moderno. Reportagem de jornal. Narrativa encaixada. Metaficção.

Resumo

O propósito deste ensaio é discutir o conto de James Joyce “A painful case” (“Um caso doloroso”) tomando como foco a articulação entre duas textualidades – a literária (o conto como um todo) e a não-literária (reportagem jornalística inserida dentro do conto) – tanto no nível diegético quanto no nível da própria enunciação narrativa. A reportagem de jornal constitui uma textualidade encaixada, recurso que explicitamente cria um sentido de desdobramento narrativo, acionando recursos metaficcionais relevantes para os significados do conto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Genilda Azerêdo, Universidade Federal da Paraíba

Possui graduação em Licenciatura Plena Em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1985), Mestrado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (1990) e Doutorado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente) pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001). Atualmente é professora associado III da Universidade Federal da Paraíba

Downloads

Publicado

2014-12-15

Como Citar

Azerêdo, G. (2014). BANIDO DO BANQUETE DA VIDA”: A ARTICULAÇÃO ENTRE O LITERÁRIO E O NÃO-LITERÁRIO EM ‘A PAINFUL CASE’, DE JAMES JOYCE. Revista Da Anpoll, 1(36), 215–227. https://doi.org/10.18309/anp.v1i36.748