Cecília Meireles e Isabel do Prado: a construção de O Romanceiro da Inconfidência

Claudia Dias Sampaio

Resumo


O artigo apresenta a correspondência entre a poeta Cecília Meireles e a amiga e jornalista Isabel do Prado, entre os anos de 1940 e 1950. As cartas mostram anotações sobre a criação de o Romanceiro da Inconfidência e constituem um material valioso de reflexão: sobre a relação entre autobiografia e poesia na obra de Cecília; a escrita das cartas como lugar de construção de sua obra; e a importância das redes de amizades entre escritores para o fortalecimento cultural de uma sociedade.

 


Creative Commons License 

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License


Palavras-chave


Cecília Meireles; Isabel do Prado; Poesia

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.18309/anp.v1i38.852

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2015 Revista Anpoll

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.