[1]
L. C. Borges, “Redemoinho às avessas ou um eu se auto-(re)clama sujeito”, RAnpoll, vol. 1, nº 8, dez. 2000.