José Juan Tablada tradutor. A face menos explorada do autor em uma breve análise

Autores

  • Leticia Maria Vieira de Souza Goellner Universidade de Brasília, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Brasília, Distrito Federal, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.18309/anp.v1i44.1166

Palavras-chave:

José Juan Tablada, Literatura mexicana, Tradução, Japão, Haiku

Resumo

Neste artigo analisa-se o perfil tradutório do intelectual mexicano José Juan Tablada a partir das traduções que o autor realizou no início de sua carreira. Salientam-se os temas abordados em suas traduções como, por exemplo, o decadentismo que surge a partir da influência de Baudelaire. Somam-se a essa temática outras de diversos autores de língua francesa. Destaca-se principalmente a temática oriental que está presente em suas traduções e que posteriormente será central em seus escritos autorais. Como resultado, Tablada será reconhecido como um notável especialista da cultura japonesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Leticia Maria Vieira de Souza Goellner, Universidade de Brasília, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Doutorado em Estudos da Tradução pela Universidade Federal de Santa Catarina (PGET-UFSC). Pós-doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução na Universidade de Brasília (POSTRAD-UnB). Colabora como editora assistente no periódico da UFSC: Cadernos de Tradução (Qualis A1 e coleção SciELo Brasil). Atualmente é professora de Língua Espanhola no Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução (LET),–UnB.  Brasília, Distrito Federal, Brasil.

Downloads

Publicado

2018-04-29

Como Citar

Goellner, L. M. V. de S. (2018). José Juan Tablada tradutor. A face menos explorada do autor em uma breve análise. Revista Da Anpoll, 1(44), 142–153. https://doi.org/10.18309/anp.v1i44.1166