A sutil interface meta história e crítica social: Um mergulho em Desmundo e O retrato do Rei

Cristina Reis Maia

Resumo


Este trabalho visa discutir como a utilização da meta história pode implementar a crítica social, tendo como referência os romances Desmundo e O retrato do rei de Ana Miranda. Para tanto, buscamos analisar como, a partir das possibilidades instauradas entre a literatura e a história, este processo se operacionaliza. Neste contexto, focaremos como a construção das personagens e a relação estabelecida entre os textos e entretextos apresentados – repletos de intertextualidades, com percepção híbrida e de característica suplementar – contribuem para a constituição de parâmetros de crítica social. Sob esta perspectiva, tomaremos as referências conceituais de Linda Hutcheon (1991), Hayden White (2001), Robert Stam (2006) e Mikhail Bakhtin (2011).


Palavras-chave


Literatura; História; Construção de personagens; Crítica social

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18309/anp.v47i1.1184

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2018 Cristina Reis Maia

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.