Tradução como (i)migração: Adrien Delpech, um dos primeiros tradutores de Machado de Assis

Marie-Hélène Catherine Torres

Resumo


O objetivo principal desse artigo é mostrar e dar visibilidade aos agentes intermediários da circulação das obras literárias, e, particularmente, a um tradutor esquecido pela história literária francesa e brasileira, Adrien Delpech. Pretendo, de um lado, teorizar sobre a problemática da tradução enquanto (i)migração, já que é sob o prisma e a partir dessa imagem e visão de mundo que Machado de Assis foi inicialmente traduzido em francês. De outro lado, faço um breve histórico sincrônico e diacrônico das primeiras traduções dos contos e romances do Machado no mundo para todas as línguas e culturas. E, finalmente, analiso o perfil de Adrien Delpech, um dos primeiros tradutores de Machado, responsável pela divulgação do autor não somente no sistema literário francês, mas também nos outros sistemas culturais-literários.


Palavras-chave


Tradutor de Machado de Assis; Adrien Delpech; Migração; Perfil do tradutor

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18309/anp.v51i3.1414

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 Marie-Hélène Catherine Torres

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.