História, memória e identidade martinicana em O Quarto Século de Èdouard

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18309/anp.v51i3.1427

Palavras-chave:

Romance, História, Memória, Narrativa

Resumo

Este artigo analisa o papel da história e memória no processo de recriação identitária dos antilhanos na obra O Quarto Século, de Èdouard Glissant.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Francisco de Assis Neto, Universidade Federal do Tocantins, Araguaína, Tocantins,

Possui Doutorado e Mestrado em Ensino de Língua e Literatura, pela Universidade Federal do Tocantins; Especialização em Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa, pela Universidade Internacional de Curitiba; e graduação em Letras, pela Fundação Universidade Federal do Tocantins. Atualmente, atua como professor da educação básica pela rede estadual do Estado do Tocantins e como professor do ensino superior, pela Faculdade Antonio Propicio de Aguiar Franco (FAPAF). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa e Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: semiótica discursiva, letramento literário, educação do campo e o uso de tecnologias digitais no ensino de língua/literatura.

Edna Sousa Cruz, Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão, Imperatriz, Maranhão,

Doutora em Letras e Mestre em Letras pela Universidade Federal do Tocantins. Docente da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão - UEMASUL, onde atua no curso de Letras Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Literatura. Tem experiência como docente na área de linguista aplicada ao ensino de língua inglesa. Nos trabalhos atuais tem investigado histórias de vida de professores/as de língua inglesa, e o livro didático do ensino fundamental desta área. Bolsista Fulbright/CAPES pelo programa PDPI (2013). Integra os grupos de pesquisas Narrativas, Experiências de Vida e Formação (UFT), o Grupo de Estudos Linguísticos do Maranhão, e o Grupo de Estudos Literários e Imagéticos, ambos da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL). Autora do livro ?Eu era a Única Professora Negra na Escola de Inglês?: histórias de vida de professoras negras de Imperatriz-MA, publica capítulo de livro e artigos em periódicos nacionais na área da linguística aplicada ao ensino de língua inglesa com ênfase na formação de professores e relações étnicos raciais (Texto informado pela autora).

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Neto, F. de A., & Cruz, E. S. (2020). História, memória e identidade martinicana em O Quarto Século de Èdouard. Revista Da Anpoll, 51(3), 33–43. https://doi.org/10.18309/anp.v51i3.1427

Edição

Seção

Estudos Literários (2020)